Pela primeira vez

08:41:00




Pela primeira vez na vida, desde que te conheço, consegui olhar de fora para todos estes anos. Consegui analisar imparcialmente e ver todas as falhas, ver todos os erros que cometemos e o quão errada estive em certos momentos e o quão horrível foste na maioria deles. Sentei-me naquele banco que te vi pela primeira vez e pensei em publicar estes pensamentos ainda na data certa, pensei esconder debaixo do banco o segundo quebra cabeças mas acabei por guardar no bolso aquilo que sabia que não valeria a pena estar ali ou não. A vida sorri-nos em momentos que não sabemos aproveitar com o medo de que o passado nos venha buscar de novo, ou pelo menos que os demónios sejam os mesmos ou que tenham as mesmas atitudes. Fingir sentimentos só porque é o mais acertado nunca deu bom resultado, mas acreditar neles porque se quer que sejam reais é auto mutilação de alma e isso é imperdoável. Cometi o erro de querer ter de uma vez os anos que passaram e agarrar num único passo o que precisava de tempo. Não digo que foi o cuidado que faltou, porque esse até foi em demasia. Faltou foi a coragem de me impor e ser minha em vez de quebrar em amores. Faltou analisar os pontos fracos e andar a passo de bebé. Foi isso que faltou. faltou isso e houve em demasiado mimos e amor. Sim, o excesso também é um problema. Mas tomei uma decisão: cuidar de mim! Prometo neste banco que vou alcançar todos os meus objetivos pessoais, quer sejam estéticos quer sejam espirituais, e depois sim, com a cabeça limpa, o corpo são e a alma livre analisar se vale a pena. Amar não chega, é preciso reciprocidade. É preciso querer lutar todos os dias. É preciso cumplicidade, segurança, confiança e acima de tudo transparência. Eu vou cuidar de mim todos os dias até limpares a cabeça e toares uma decisão. Mas para isso era preciso não teres medo de estares sozinho e preencheres a mente com novas vidas. Por isso sim, aqui sentada, enquanto vejo a bateria do telemóvel a desaparecer mais rápido do que os pensamentos que me ocupam agora a mente, posso dizer: amar não chega e esperar para sempre não está nos meus planos!

You Might Also Like

0 comentários