Dúvidas

06:31:00



Eu queria escrever há mais tempo. Juro que sim, mas sabem quando estão sobrecarregados de pensamentos e não encontram as palavras corretas para expor tudo? Estou nesse momento. Estou num momento de duvidar de mim mesma, das minhas capacidades, das minhas escolhas, das minhas prioridades. O futuro assusta-me e o receio de não ser suficiente está a consumir-me. É tentar ser a filha que sei que a minha mãe merece e não conseguir. É cair redondamente quando tento e continuar insistindo no que talvez já não tenha solução. A persistência nem sempre é o caminho a tomar, mas o meu coração continua ingénuo mesmo depois de todas as facadas. É tentar ser a profissional que não sei se algum dia serei, é duvidar da minha criatividade, dos meus métodos. É duvidar de mim e isso é a pior dúvida que tenho. É tentar ser a amiga com o conselho na ponta da língua, o abraço apertado e aquele sorriso rasgado que costuma encher uma sala inteira. E por vezes não conseguir. E com essa falha eu não consigo lidar. É tentar ser a alma forte que espera que tudo se recomponha e estar mais perdida que atlântica. Acho que o melhor é parar por uns tempos, talvez.  Vou dedicar-te ao "livro" que tenho menos de um mês para o terminar...

You Might Also Like

0 comentários