Golo do Benfica

03:40:00

Resultado de imagem para golo


Gosto tanto de ti como gosto de um golo do Benfica. E essa é a maior declaração de amor que te posso dar. Quer dizer tudo. Quer dizer que significas mais do que a realidade da vida. Arrepias-me tanto e nem me tocas. Não há nenhum pedaço de pele que não sinta o calafrio da tua presença, da tua conversa, da tua imagem, de ti. Não posso ser mais sincera que isto. És tal e qual como ele. Discutimos como namorados que nunca fomos. Apesar de discutirmos com a mesma intensidade que dois apaixonados. Mas lá isso nós somos. Fazes-me chorar quando quebras. Fazes-me chorar quando não me dás tudo o que eu te dou. Tal como ele. Entristece-me as tuas quedas e sinto-as tão fortemente como se fossem minhas. Sinto cada dor. Cada passo mal dado. Cada falta. Cada “quase”. Sinto cada suor da luta para alcançar o objetivo que fica pelo caminho. Sinto tudo isso contigo. Tal como sinto com ele. Por isso sim, gosto tanto de ti como gosto de um golo do Benfica porque sei o que é. Sei a sensação de ter a bola a estremecer a barra, os postes, as bancadas. Tal como sei o que é não te ter, ou em todas as vezes “quase” te ter. Sei o sentimento da bola a abanar redes. Tal como sei o que é um abraço teu a abanar-me a alma. Por isso sim. É a maior declaração de amor que te posso dar. Porque tal como ele, tu fazes-me bem e mal ao mesmo tempo. Aceleras-me o coração com corridas, lutas e sentimentos iguais para depois o parares com uma falha, um erro, um “quase”, um “não é agora, talvez na próxima tentativa”. Estás a ver todas as semelhanças? Esperei a vida toda para fazer parte de algo tão grande quanto isto, sem me aperceber que o destino já se tinha encarregado disso. Fazes-me rir de todas as demonstrações – para mim - lamechas de sentimento reciproco. Tal como ele. Fazes-me sorrir de coração cheio só com alguma notícia tua. Tal como ele. Por isso sim, gosto tanto de ti como gosto de um golo do Benfica porque és a materialização humana dele. Para mim és todo ele num corpo. Fazes-me sentir tudo aquilo que sinto quando a bola entra. Afastas todos os problemas tal como os 90 minutos de jogo. Gosto tanto de ti como gosto de um golo do Benfica seja ele no início do jogo ou no último segundo da compensação. Gosto de ti em todas as fases. Em 90 minutos choro, grito, riu, sorriu, festejo, duvido, insulto, motivo, discuto. Em 90 minutos o meu coração para e acelera. Mas não arredo o pé. Só saiu dali quando não for possível lutar mais. Nunca antes. E mesmo assim não sei. Tal como faço contigo. Não arredo o pé. Não daquilo que sinto. Não do amor maior. Não mesmo depois de duvidar e sofrer. Porque afinal de contas és a certeza mais viva que eu tenho na vida. Tal como ele. Se não tiver mais palavras para descrever o que sinto por ti, digo-te somente que gosto tanto de ti como gosto de um golo do Benfica e isso chega!

You Might Also Like

0 comentários