fechadura

09:57:00

Resultado de imagem para tumblr photography backgrounds

Independentemente daquilo que possamos dizer um ao outro neste momento. Independentemente do teu choro. Independentemente das palavras que possas resolver vir dizer-me neste instante. Independentemente se deu certo a nossa história. Independentemente se te amo. Independentemente se queres ou não saber de mim. Independentemente de todas essas coisas. Independentemente de existires ou não na minha vida. Independentemente disso e independentemente de tudo o resto. Eu não quero que venhas ficar só por eu não merecer sofrer. Nunca aclamei à tua pena nem te quis fazer ficar por isso. Fui bastante orgulhosa. Eu sei. Não me permiti pedir desculpa quando errava. Não me permiti pedir para ficares quando te via a ir para os braços de outra. Sempre fui incoerente. Sempre falei de cabeça quente. E hoje peço-te que desistas em vez de ficares comigo por pena. Em vez de ficares para não me magoar. Mas enquanto não foste. Enquanto estás ainda aqui a fazer as malas antes de ir. Enquanto a porta não fechou. Deixa-me dizer-te que estiveste mal. Que erraste. Que não fui a única que não pediu desculpas. Que não fui a única a desistir antes do tempo. Deixa-me dizer-te que a tua consciência vai pesada assim como o teu coração cheio de dúvidas. Eu conheço-te e posso garantir que não estás certo se devas ficar ou ir embora. Se por um lado eu não quero que fiques por pena, por outro não quero que vás embora por pensares que não és suficiente. Porque és. Sempre foste. E tenho a certeza que ninguém se deitará no chão por ti, ninguém segurará o mundo para te ver sorrir. Ninguém vai babar-se a ver-te jogar zoombies. Ninguém vai entender o teu amor pela Hermione. Ninguém vai concordar que ela devia ficar com o Draco. Ninguém te vai colocar acima do mundo. Ninguém vai escrever de ti ou para ti. Ninguém. E tu sabes. Agora que estás prestes a desistir pela milésima vez, quem te garante que te volto a abrir a porta como nas últimas vezes? Ninguém. Às vezes o passado está lá atrás para não repetirmos. Talvez eu queira ser feliz contigo, sim. Mas talvez eu queira alguém que fique e não vá embora sempre que tem crises existenciais. Vais sair e fechar a porta? É que se fores, deixa a chave. Trocar a fechadura dá trabalho e sempre fui preguiçosa. 

You Might Also Like

0 comentários