15:09:00

FACULDADE || Primeiro dia do último ano


Sempre soube que este dia chegaria, que mais cedo ou mais tarde estaria a entrar no fim do que se considera boa vida, vida sem tantas preocupações assim. Sempre soube que o primeiro dia do último ano estava perto, mas nunca pensei que chegasse tão rápido. Se este já chegou tenho medo de piscar os olhos e já estar de pasta na mão e a chorar ao som de "e se uma lágrima te cair ao ver chegar o fim, toma cuidado muito cuidado que a saudade começa assim". Não me sinto pronta e longe de mim estar como já queria estar. Por esta altura os planos já eram tantos e agora que faço uma retrospetiva à minha vida, talvez só tenha alcançado metade do que delineei.
Começou o ano de aproveitar tudo. Até as aulas. Até o professor rabugento. Quem me dera voltar a ser caloira. Talvez hoje ao saber o que sei, tivesse aproveitado mais ou mesmo não tivesse dado alguns passos. O primeiro dia do último ano custou tanto. Só me apeteceu abraçar os meus afilhados e não os largar. Só quis sentar-me nos bancos da faculdade e apreciar cada canto desgastado da mesma. Só falei e falei porque o medo de chorar era enorme. Sempre fui uma maria madalena, uma chorona na verdade. E como o que sinto, sinto sempre a 80, desde desprezo a amor, a saudade implementada hoje remexeu comigo. Que tudo aquilo que este ano me trouxer me faça sentir que valeu a pena quando estiver a chorar rios na benção de pastas.




You Might Also Like

0 comentários