11:20:00

EVENTOS || Rainha das Vindimas



A eleição da Rainha das Vindimas da minha freguesia começou em 2012 com uma brincadeira. Nós que nos inscrevemos não sabíamos bem o que era. Era a primeira vez que se fazia algo parecido na nossa freguesia. Aliás era a primeira vez que se fazia este desfile no nosso concelho. Fomos nove a concorrer e sem dúvida que será de longe difícil substituir o grupo que tínhamos. As pessoas que estiveram por detrás das cortinas, dos ensaios, da sessão foram as mesma que estiveram este ano no desfile da Rainha das Vindimas 2016, e foram os próprios a dizer que não havia grupo como o nosso. 
Rainha das Vindimas Ota 2012:



Fui das primeiras candidatas neste evento. Fiz parte das cobaias do ano de 2012. Fui à experiência. Acho que fomos todas um pouco assim. O nosso grupo foi sem dúvida surpreendente. Sabíamos brincar e trabalhar, não confundíamos as horas para cada coisa. Nunca nos faltou um sorriso, uma ajuda e sem dúvida nenhuma que estávamos lá umas para as outras. Fomos de facto uma família, criámos histórias e recordações que jamais esquecerei. Conseguíamos cativar toda a gente. O público adorou, nós adorámos e no final ficámos com a sensação de dever cumprido.


Os meus nervos estavam em franja segundos antes de pisar um palco de desfile pela primeira vez. É verdade que os desfiles do samba já faziam parte da minha vida à algum tempo no entanto é completamente diferente pisar um palco de samba e pisar um palco de desfile de moda. Ainda para mais a ordem de desfile foi tirada à sorte e qual não foi a minha sorte em me ter calhado o número um. Ironia ou não fez-me consciencializar que faria a abertura da primeira edição da Rainha das Vindimas de Ota. A escadaria até ao palco parecia não ter fim, o primeiro passo no palco foi como um sismo nas minhas pernas e a vontade de desistir passou por mim, confesso. Mas não. Porque haveria eu de desistir segundos antes? Eu sabia qual o papel que tinha que fazer, sabia as coreografias, sabia que a minha postura e o meu sorriso era algo que não me podia faltar, sabia que no fim da passadeira vermelha estava a minha família, os meus amigos e porque haveria eu de me deixar abater por um nervoso que pensava que me ia consumir? A nossa coordenação estava impecável, os treinos com a D. Otávia deram resultado. As horas que passamos nos ensaios, as vezes que repetimos vezes e vezes sem conta valeram a pena.


O primeiro desfile era casual. Fomos todas de calções de ganga, sapatos comprados pelas entidades organizadoras e uma camisola com o patrocínio do salão da nossa cabeleira nas costas e com a legenda "Rainha das Vindimas 2012" à frente. O relógio que cada uma levou foi patrocinado pela ourivesaria Nova no Carregado. Lembro-me tão bem de pensar "faz valer a pena Madalena, diverte-te, é tudo o que precisas" e foi isso que fiz. Deixei-me levar pela música e o meu andar acompanhou cada batida, tinha o sorriso estampado na cara e uma postura que nunca pensei que conseguiria. Estava orgulhosa de mim. Acreditem, até podia ter sido só aquilo mas sem dúvida sairia dali com a sensação de dever cumprido. Foi no final do desfile casual que foi entregue o prémio simpatia, elegido por nós, escolhido entre nós. Foi com um orgulho enorme que vi a minha prima desfilar com o Prémio Simpatia. Era de facto a alma daquele grupo.





Bem disse que a nossa coordenação esta intacta. Que a união do grupo ajudou para que os nossos movimentos fossem realizados no mesmo compasso, no mesmo segundo. Foi sem dúvida dos melhores espectáculos para quem fez e para quem assistiu. Sabemos isso pois as felicitações no final foram maiores que as criticas. O segundo desfile foi o desfile semi casual em que desfilávamos com vestidos feitos pela estilista Madalena Toscany. Foi sem dúvida um grande apoio para todas nós. Sempre prestável. No final do desfile foi anunciado o prémio Fotogenia, eleito pelo fotógrafo que nos realizou a sessão fotográfica. O prémio foi entregue à candidata número 7, Cátia A (a quarta candidata a contar da esquerda). Foi sem dúvida muito bem entregue. Tem uma beleza extrema, adora fotografia e não conseguia escolher qual a melhor foto dela, estavam todas lindas.






O último desfile, o desfile como facto de noite. Foi sem dúvida o meu preferido. O espectáculo mais bonito de se ver e sem dúvida o melhor desfile de todos. Vestidas por Madalena Toscany, penteadas por Sónia Jacinto, maquilhadas por Marta e embonecadas pela ourivesaria Nova do Carregado. Estávamos uma autênticas princesas, sentíamos-nos como tal, agíamos como tal. O desfile foi realizado com música ao vivo em que o cantor Tó Moreira cantava para nós, deu-nos a mão no inicio da passadeira vermelha e nos deu um beijo na mão como se fosses da realeza. Fez-nos sentir especiais, dava-nos a atenção adequada a cada uma, fazia daquele momento o nosso momento. Era o último desfile eu tinha que aproveitar, desfilei o melhor que conseguia. Quando acabou fiquei com o sentimento de dever cumprido e isso foi o melhor prémio que podia ter recebido.






Foi a altura da entrega dos prémios e sem dúvida o nervosismo que já tinha desaparecido voltava aos poucos. Mas sentia que fosse a quem fosse entregue o prémio estaria de facto bem entregue e seríamos muito bem representadas em Alenquer. Começou pela entrega do prémio de Segunda Dama de Honor, e mais uma vez vi a minha prima, Margarida, receber uma falha tão mas tão merecida. A Primeira Dama de Honor ficou entregue à Dora, sem dúvida que o mereceu também. Quando foi a altura da entrega da coroa eu já estava noutro mundo, nunca me passou pela cabeça que aquele seria o meu lugar. Quando anunciaram o meu nome para Rainha das Vindimas 2012 e vi a minha claque levantar-se eu continuei no meu lugar a bater palmas, até que a apresentadora Graça Silva se virou para trás "és tu, ganhas-te". Cai em mim e nem queria acreditar, elevei as mãos à cara como que a esconder-me, não por vergonha mas sim por ainda estar à espera que a qualquer momento alguém dissesse que estava a brincar. 





Foi sem dúvida alguma um sentimento tão especial. Nunca imaginaria que aquele seria o meu lugar. Que seria a mim que estaria a ser colocado uma coroa e a faixa de Rainha das Vindimas. É um mundo que eu gosto, este dos desfiles, mas não sei se conseguiria muito mais que isto.

Rainha das Vindimas Alenquer 2012:




Chegou a altura de assentar os pés na terra e representar com dignidade a minha freguesia no concelho. A estilista Madalena Toscany foi um grande pilar em toda esta jornada. Permitiu-se aprender muitas coisas do mundo da moda mas acima de qualquer aprendizagem está o valor de mulher que me incutiu. É com orgulho que digo que é das melhores estilistas deste país, que sem dúvida alguma é uma grande mulher. Pegou em mim e deu-me aulas privadas de passerelle, que me permitiu ter uma tarde inteira com a Miss Odivelas e também modelo de Madalena Toscany: Joana Martins. Foi uma ajuda incrível, melhorou o meu desfile, aminha postura tanto sentada como a andar. Partilhar a experiência dela comigo foi uma grande ajuda. A elas agradeço tudo o que sei hoje.




O desfile em Alenquer foi deveras controverso. Se por um lado as amizades que criei e as experiências que partilhamos as 14 candidatas foi grande. Por outro a organização e os "esquemas" por detrás do desfile deixavam muito a desejar. A estilista convidada é das maiores concorrentes da minha estilista e eu recusei-me a arranjar outro vestido que não o dela. A partir daí estraguei tudo. Sabia que a minha participação da Gala das Rainhas das Vindimas de Alenquer estava mais do que comprometida. A senhora que me acompanhou nesta jornada, Teresa, disse que não havia mal se eu quisesse desistir, ninguém ficaria chateado e todos apoiariam qual fosse a minha decisão. Eu? Desistir? Estaria a dar a parte fraca, e podia não desiludir os outros, mas desiludiria-me a mim e isso é uma sensação que desde cedo disse que não iria acontecer. Sabia que desfilar ou não desfilar seria igual, era como se não fizesse parte das contas. Mas não foi isso que me derrubou, representei com dignidade a minha freguesia e sem dúvida nenhuma que os orgulhei. O apoio incondicional, os olhos cheios de orgulho foi o melhor que podia pedir. 


SESSÃO FOTOGRÁFICA RAINHA DAS VINDIMAS ALENQUER 2012:







Sai da primeira gala da Rainha das Vindimas Alenquer 2012 sem qualquer prémio sem ser o de participação, mas saí de lá com um espírito de dever cumprido, foi uma experiência incrível e sem dúvida que me tornou mais forte.


Desfile casual: calças de ganga e camisola com o patrocinio da confraria.


Desfile traje regional: roupa do rancho de Ota com o toque de miss (saltos).


Desfile de noite: vestido de Madalena Toscany.

Apresentação das candidatas:





Rainha das Vindimas 2015:

Desculpem dizê-lo desta forma mas foi a maior palhaçada de todas. Não houve desfile em Ota por termos sabido em cima da hora que haveria em Alenquer, e foi escolhida uma rapariga de Ota. Até aí tudo bem. Foi escolhida entre as misses de 2012, no entanto nenhuma das outras foi avisada e acho que isso foi uma falta de respeito enorme. Mas tirando isso fomos muito bem representados em Alenquer no ano de 2015 pela primeira dama de honor de 2012. Apenas o facto de ninguém ter sido avisado caiu mal às outras misses e é compreensível. Acho que foi o grande erro.

Rainha das Vindimas Ota 2016:


Desta vez foi diferente para mim. Desta vez tive eu nos bastidores. Ajudar no desfile, na postura, na coreografia. A dar apoio às misses deste ano. Este ano eu estive nos bastidores, no trabalho todo antecessor à gala. Adorei cada instante. Foi bom ser uma grande ajuda para todas as candidatas deste ano. Foi gratificante ver sair "à rua" todo o nosso trabalho. Houve alguns momentos que quis largar tudo pois já não tinha que me preocupar, mas não consegui. Houve também outro momento que não gostei e horas antes do desfile não queria continuar, mas isso deixem lá. As pessoas de Ota sentiram também a indignação do que aconteceu, fartaram-se de comentar e como alguém disse "as pessoas de ota não são parvas". E ora aí está. Não são mesmo. Mas indignações à parte, foi uma gala muito bonita....




Foi com um orgulho enorme que deixei o meu legado de 4 anos à Jéssica este ano, foi com uma satisfação enorme que dei o renome de RAINHA DAS VINDIMAS DE OTA a uma das melhores pessoas que conheço. Com uma humildade enorme, com uma simpatia tremenda e uma atitude e postura exemplar. Em Alenquer estarei lá de facto a apoiá-la porque vamos bastante bem representados à próxima fase. Parabéns a todas as outras candidatas tiveram todas muito bem.




You Might Also Like

0 comentários