marchas de solteira

18:41:00

e se fizeres vida de solteiro comigo? não te quero sempre por perto, só a ideia já me sufoca e estou tão feliz solteira que abrir mão disso assusta-me. estou numa fase demasiado egocentrista, na qual não consigo gostar tanto de alguém como de mim neste momento. ainda não esbarrei em ninguém que me domina-se as manias. na verdade, não sei se existe alguém capaz de partilhar a sua vida de solteiro comigo.não que seja demasiado exigente. não que coloque falhas em tudo o que vejo. apenas porque se moldam a vida de casal quando só quero duas vidas de solteiros juntas. não creio que esteja a olhar para alguém capaz. capaz de partilhar uma vida com alguém do mesmo jeito. do mesmo tom. com alguém solteiro de alma. sempre quis algo simples. alguém capaz de simplificar as coisas. mas que de vez em quando me complicasse as voltas. alguém que beba e que volte sempre. quero alguém que tenha ressaca tão grande quanto a minha. alguém capaz de rir da situação tão estupidamente quanto eu. quero alguém que converse. que tenha sempre assunto. desde politica à agricultura. quero alguém que não se farte. que me deixe ser livre e que se sinta livre. quero alguém que não carregue fardos. que decida o que quer fazer de dia e de noite e que não se sinta na obrigação de me incluir em todos os planos. porque eu não o farei. quero alguém capaz de ser solteiro comigo. alguém que me conte as conquistas anteriores. quero alguém capaz de rir do embaraço que é ter rapazes a olhar para mim quando passo. alguém capaz de ter orgulho nisso. pois é sinal que tem consigo uma miúda que por mais olhos carnívoros escolheu os seus olhos felinos. quero alguém que mande mensagem bebado só para ter a certeza que não me esqueci dele. quero alguém que consiga me fazer rir na cama. que não tenha medo de experimentar o que não faz sentido. quero alguém que não aguente o mesmo espaço que eu depois de uma troca de olhares intensa e uma respiração profunda. quero alguém que não me obrigue a partilhar amigos ou me prive deles. quero alguém que saia e que não me prive de sair. alguém que não me convide para todas as saídas porque de facto eu não o irei fazer. mas que me ligue no dia seguinte para me contar da rapariga louca que dançou para ele. quero alguém que me deixe fula, chateada e sozinha só por caprichos de manter a saudade ativa. quero alguém que implique, alguém que me ame mas acima de tudo alguém que me admire. quero alguém para me orgulhar. alguém que me beije ferozmente só em casa e levemente em público. quero alguém que me apresente como a sua solteira e não como a sua namorada. namorada soa a prisão, compromisso. e eu só quero ser solteira com alguém. quero alguém que entre em jogadas. alguém que me atraia todos os dias que vir. alguém que arrisque. quero alguém com quem embaciar vidros de carros. alguém para fazer karaokes horríveis. alguém que possa confundir com um amigo. quero alguém tão solteiro quanto eu. alguém que não espalhe. alguém que não prenda. quero alguém que se ria de mim bebada e que faça de mim saco batatas até casa. alguém que me acorde mal porque suporta o meu mau humor e me encha de cócegas que tanto odeio. quero alguém que comente o meu corpo com os amigos. alguém que afirme que estou solteira na conversa e me beije com gosto. alguém que raramente me diga que me ama. porque farta. alguém que perceba que o sente só pelo olhar. quero alguém que não suporte me ver todos os dias. nem o tente. porque enjoar de alguém é fácil quando se torna rotina. quero alguém que não seja monótono. alguém que acorde de madrugada pegue numa mochila e saia para qualquer nada. quero alguém que dance comigo. alguém que descubra os meus erros e me ajude a cometê-los. alguém que seja livre e me deixe ser livre também. quero alguém que não traia. para isso sou solteira sozinha. quero alguém que seja solteiro comigo. porque de certo que a vida de solteiro conjunta tem mais prazer que a solitário. talvez um dia sejas a pessoa solteira mais comprometida que vive na minha vida.

You Might Also Like

0 comentários