ficamos na altura certa

13:31:00

porque agora? porque vieste bater à porta passado tanto tempo? lembraste-te, foi? que engraçado. foram as saudades que finalmente bateram à porta ou foi a as palavras que te fizeram reviver tudo? eu não sei. mas não devias. ficamos na altura certa de nos largarmos e não voltarmos a nutrir nada. nem mesmo aquela atração louca igual à primeira vez. ficamos na altura certa para ser fácil esquecer. até as horas perdidas por nada. ficamos na altura certa de tudo. pensei que quem não tinha entendido isso era eu. porque tu foste embora e eu fiquei à espera. pensei que quem partisse fosse capaz. pensei que quem fugisse não voltasse. nem de uma vez. nem passo a passo. porque ficamos na altura certa. porque eu não me queria magoar e tu não me querias magoar. concordei contigo, a custo, não te querer mais. tenho te querido todos os dias mas agido como se não passasses do meu passado esquecido. achei que fosse o suficiente. que isso chegasse para ficarmos na altura certa. achei que tivesse sido a altura certa. que fiquei quando devia e deixei ir mesmo quando o que mais queria era que ficasses. a intensidade que te quero manteve-se inalterada mas a corda com a qual te tentei agarrar quebrei-a. achei que tivéssemos ficado na altura certa, agora chegas tu de novo para ficar?


You Might Also Like

0 comentários